Sejamos todos garis

Você já parou para pensar que ser gari, uma profissão tão desvalorizada, deveria ser o ideal para todos nós?

Há não muito tempo, eu era uma pessoa negligente quanto ao lixo que via pelas ruas. Da mesma forma, me sentia no direito de também jogar qualquer coisa no chão, com o típico pensamento de que não seria um grande problema. Com meus onze anos de idade, - lembro-me como se fosse hoje -, estava eu voltando da escola, de carro, com meus tios e minha prima mais velha. E então abri o plástico do canudo do meu nescau, e joguei-o pela janela. A reação da minha prima foi absurda. Não que ela tenha brigado comigo, não, mas suas palavras me fizeram refletir. Hoje nem lembro mais quais palavras ela usou, mas gostaria de lembrar, pois se fez efeito em mim, poderia fazer efeito em outros também. Desde então, não jogo um papel sequer no chão, e adquiri o hábito de sempre pegar aquilo que vejo a meu alcance. Às vezes, como um pequeno ato de rebeldia, vejo um jovem ou uma criança, ou até mesmo senhores, jogando lixo no chão, e vou em sua frente, pego-o e jogo no devido lugar.

Certa vez, estava com uns amigos em frente a uma lanchonete. Após beber um refrigerante, um dos meus amigos jogou a latinha no chão, e logo em seguida pedi que ele a pegasse. No mesmo momento, outro menino abriu a boca para soltar um "ele não é gari". E então eu me pergunto: ter educação te classifica como gari? Muitos não reconhecem a importância dessa profissão. Pois eu digo: sejamos todos garis. O mundo hoje está em colapso, tragédias de todos os tipos estão acontecendo. Muitas delas, infelizmente, estão fora do nosso alcance. Mas a questão ambiental não está! Estamos todos reclamando por termos de passar por rodízios de água, pelo clima estar insuportavelmente quente, e por aí vai. A Terra pede socorro, e não é de hoje. Aquele plástico de canudo que joguei no chão? Ele pode contribuir para o sofrimento do nosso planeta, que consequentemente recai sobre nós. Enchentes são causadas a todo momento por entupimento de bueiros, e há quem diga que não podemos controlar os fenômenos naturais? NÓS os ampliamos, NÓS somos os responsáveis, e de tal forma, nós também podemos reverter e evitar essas situações. E para isso, que sejamos todos garis.

Ensine seus filhos a cuidarem do nosso meio ambiente. Aquela história de que ao invés de deixarmos um bom planeta pros nossos filhos devemos deixar bons filhos pro nosso planeta é verdade. Sabe aqueles 3 R's que aprendemos na escola desde pequenos e que nunca demos o devido valor? Reduzir. Reutilizar. Reciclar. Pense no seu valor agora. E repasse-o para o maior número de pessoas que conseguirem, pois, mais uma vez, que sejamos todos garis.

Autor(a)

Júlia Vasconcelos

Estudante de Pernambuco

Contato

http://www.twitter.com/jubsfray


Veja Também