Como utilizar melhor o Twitter para o trabalho, educação, negócios, informação e o que mais você quiser.

O Twitter e suas facetas
O Twitter e suas facetas

Como 140 caracteres podem de alguma forma fazer a diferença em um mundo de informação infinita? Como o Twitter pode ajudá-lo em certos aspectos da vida profissional, social, cultural ou acadêmica? Rede social tem regras de etiqueta? Se estas perguntas fazem sentido então este artigo é para 'vc'

Muita gente se pergunta "afinal, para que serve o Twitter", ou mesmo, "o que você pode fazer com ele"?

Uma resposta curta para esta pergunta seria: "Como toda rede social, o Twitter serve para se relacionar". Mas por ‘se relacionar’ não necessariamente quer dizer romance, amor ou simples pegação. Relacionar-se, neste caso, é mais amplo, tem como sentido criar ligações entre pessoas ou instituições.

Mas tenho certeza que esta resposta não é a que você esperava ouvir, isso porque a resposta a esta pergunta tem mais a ver com o perfil de quem pergunta, já que o Twitter é muito flexível.

Por suas características singulares, o Twitter pode ser utilizado de muitas maneiras interessantes, encaixando-se como uma luva em nossa moderna sociedade que preza pela velocidade, simplicidade e independência.

Talvez umas das características mais bacanas seja o fato de uma grande parte das pessoas compartilhar coisas bacanas de verdade, coisas que as interessam e que elas imaginam que poderão instigar outras, sem interesses de ganhar dinheiro ou algo do tipo, o que não necessariamente é o caso dos jornais, revistas ou pessoas famosas. É uma forma descentralizada de descobrir coisas incríveis que talvez nunca conseguíssemos encontrar por nós mesmos. Eu, por exemplo, tive acesso a matérias, curiosidades e vídeos absolutamente incríveis através de perfis do Twitter de pessoas comuns, como eu.

Ao falar de Twitter é comum ouvir as críticas sobre os tais 140 caracteres, uma boa parte provavelmente de pessoas que nunca tentaram postar algo e outras porque ouviram falar em algum programinha da TV ou crítica de blog de jornal. As alegações mais comuns são de que os 140 caracteres emburrecem, outros afirmam que há uma uma simplificação das coisas e pessoas e outros ainda afirmam que 140 caracteres é o simbolo do imediatismo moderno. Para mim estas afirmações são relativas e dependem de como trabalhamos nossas idéias. A minha experiência no Twitter me diz o seguinte: ‘se a pessoa é burra, fútil, superficial ou preguiçosa, ela o será independente dos 140 caracteres’.

Digo isso porque vejo os 140 caracteres como uma espécie de desafio. Resumir uma ideia, mantê-la inteligível e instigar a curiosidade são muito difíceis neste contexto. Muitas vezes tive de refazer, repensar, procurar novas palavras, inverter as posições de posts, a fim de vencer os 140 caracteres e transmitir minha mensagem. Todos os momentos que tenho de fazer isso são oportunidades muito interessantes de descobrir novas formas de me comunicar, um exercício particularmente instigante para quem escreve bastante. Além do mais, sempre podemos colocar um link junto com o post para explicar melhor o que queremos dizer.

Bom, a ideia deste artigo não é ensinar como usar o Twitter no sentido de mostrar os comandos, funcionalidades ou mesmo no sentido de ser um tutorial, mas sim um guia geral das maneiras de como utilizá-lo, com foco no trabalho e estudo. Ao ler este artigo assumo que você já tenha uma conta no Twitter ou se não tiver não será problema criar uma.

Qual é o seu perfil?

Você pode utilizar o Twitter de várias formas diferentes. Se o seu perfil ou interesse é conectar-se com amigos ou fazer novas amizades, basta seguir a sua galera e ir procurando nos perfis dos amigos dos amigos por alguém interessante (leia os resumos dos perfis ou alguns posts para saber seus interesses). Se seu interesse é por informação o Twitter é fantástico. Siga os perfis dos principais jornais e revistas do país ou de fora e você não perderá absolutamente nada do que acontece no mundo. Como o Twitter funciona a base dos 140 caracteres você consegue ler e selecionar rapidamente as notícias que lhe interessam mais, além disso as descrições do Twitter costumam ser bem melhores do que os títulos das matérias, aprimorando seu filtro sobre o que vale mesmo ou não a pena ler.

Se o seu perfil é de um recém formado, estudante ou procura emprego o Twitter é uma ótima fonte de oportunidades. São vários os perfis que divulgam vagas de emprego, estágio e até "freelas".

Já para os empreendedores, o Twitter também pode ser uma boa opção para divulgação de marca ou mesmo comprar espaços publicitários, fornecidos pelo próprio Twitter ou pagando para que alguma personalidade "tuite" seu produto. Rafinha Bastos, por exemplo, foi mestre em ganhar dinheiro "tuitando" produtos patrocinados.

Seu perfil também pode ser misto, englobando um pouco de cada um dos descritos anteriormente e outros mais. A separação entre notícias, amigos, oportunidades e etc. pode ser feita através de listas, uma ferramenta que o próprio Twitter oferece. Você pode criar uma lista específica para as notícias, outra para os amigos e assim por diante. Desta forma sempre que quiser algo específico basta consultar sua lista sobre aquele determinado assunto.

Ao seguir os perfis certos é altamente provável que você ficará sabendo das novidades mais quentes que provavelmente só chegarão na TV ou na imprensa usual com horas, dias, semanas de atraso ou até mesmo nem chegarão. Dependendo da área em que você atua ou do que estuda isso lhe dará uma grande vantagem.

Regras implícitas

Post da Xuxa no Twitter
Xuxa em sua aventura pelo Twitter. Ela tentou explicar porque escrevia em caixa alta.

A vida não vem com manual! Assim as regras sociais muitas vezes são aprendidas na prática ou por meio de “conselhos" que podem ou não serem bons. A grande verdade é que viver em sociedade exige um certo grau de audácia, observação e entendimento de limites e regras não escritas. Assim as redes sociais não poderiam ser diferentes.

A maior parte das regras são implícitas e variam conforme as pessoas a que você está conectado. Algumas não vão gostar de piadas sobre religião, outras não suportam militantes partidários e tem aqueles que ao verem uma imagem agressiva, que você postou, não terão dúvidas em massacrá-lo, não contando as pessoas de opinião única (pessoas que consideram apenas as suas próprias opiniões como as absolutamente certas).

As consequências de desrespeitar as regras serão a perda de seus seguidores ou ser bloqueado. Logo você estará falando como vazio!

Porém algumas regras são de certa forma gerais e é sobre estas que pretendo falar um pouco.

Eu te sigo, você me segue

Uma das que considero principais é que no Twitter “se eu te sigo, você me segue", porém ninguém é obrigado a seguir ninguém. Até mesmo ser seguido pode ser opcional. Basta fechar seu perfil e apenas quem for autorizado por você poderá segui-lo. Esta regra implícita é muitas vezes utilizada para conseguir novos seguidores, mas não necessariamente é uma boa tática.

Não GRITE!

Um cara falando pelo megafone na orelha de uma garota
Escrever em caixa alta é mais ou menos assim

Outra regra implícita, mas que poderia ser explícita é NÃO ESCREVER EM CAIXA ALTA, pois isto dá a entender que você ESTÁ GRITANDO!!! Escrever em caixa alta soa como mal educado e deve ser evitado. Para quem já convive com a WEB por alguns anos sabe o quão irritante era receber e-mails em caixa alta, e isso porque os e-mails são teoricamente privados. Imagina várias pessoas “gritando" em uma timeline pública!

Discussões e agressividade

É inevitável que com a utilização do Twitter você acabe caindo em discussões com outros usuários. As discussões podem ser tanto produtivas quanto somente uma disputa de “força". Seja qual for o caso estas situações são uma grande oportunidade para colocar em prática sua argumentação. A argumentação é algo muito importante tanto na vida pessoal como no trabalho, pois é ela que nos faz ‘vender’ nossas idéias para os outros. Mas aqui vale lembrar uma outra regrinha implícita que é “se você perde na argumentação e começa a xingar, você acaba de perder a razão". Insultos são, em minha opinião, a derrocada para a derrota, pois revelam o desespero de uma mente vazia.

O interessante das discussões no Twitter é que cada parágrafo é limitado por 140 caracteres. Isto nos obriga a compactar nossa argumentação nas partes essenciais o que pode nos trazer muitos benefícios como, por exemplo, filtrar a “encheção delinguiça" e “enrolação" para trabalhar nossas idéias na essência. Geralmente os argumentos de maior impacto são aqueles que trazem um “insight" certeiro e curto.

Use Hashtag para ligar posts de um mesmo assunto

Timeline do Twitter
Exemplo de como as #hashtags ligam os posts de um assunto em comum
Timeline do Twitter
Exemplo de como utilizar #hashtags para criar discussões em larga escala dentro da comunidade

É interessante evitar a divisão de seus argumentos em vários posts diferentes, como um “picadinho" de texto. Isso é ruim para a compreensão geral e também ruim para quem “pegou o bonde andando". Procure começar e terminar sua argumentação ou a resposta a algum usuário em um único post. Utilize as #hashtags sempre que possível para ligar o assunto.

Escreva o português CORRETO! Não deixe a impressão de que você é preguiçoso ou ignorante.

Meme satirizando erros de português
Cuidado! Seu erro de português pode virar um meme na rede. Brincadeira com a troca de Paz por Pás

Com certeza o português é uma língua muito complicada e não vou negar que, muitas vezes, tenho dificuldade com certas palavras, especialmente porque tenho uma leve dislexia (talvez falta de atenção mesmo), porém isto não é desculpa para enviar um post com erros grosseiros de português.

Não estou falando de abreviações como ‘vc’ , ‘q’, ‘bj’ e outras, principalmente ‘pq’ estamos utilizando um sistema que permite apenas 140 caracteres e espaço é tudo. Estou falando de palavras explícitas que devem ser escritas da maneira correta. A concordância dentro de uma frase também é de suma importância. Seguem algumas regrinhas bem básicas para evitar erros:

  • LEIA seu post antes de enviá-lo! Não escreva de maneira afobada e o envie imediatamente. Responder rápido não significa que você terá mais razão ou que é mais esperto. Esperteza é encontrar o erro e corrigi-lo;
  • Se você tem dúvidas de como se escreve uma palavra deixe de preguiça e PESQUISE NO GOOGLE;
  • Se você está no Mobile e é complicado pesquisar no Google SUBSTITUA A PALAVRA por uma que você sabe como escrever ou mude ligeiramente a frase para evitar a tal palavra desconhecida;
  • ‘Mim segue’, ‘mim dá’, ’amo ti’, ‘mim persegue’, ’mau feito’, ’você é mal’,‘tu mim ama’, ‘sauvar alguém’, ’seje bem vindo’, ‘nois podemos’ e etc. são erros muito comuns que podem perfeitamente ser evitados.

Como última recomendação, mas que talvez alguns não gostem, é LEIA MAIS LIVROS e torne-se mais culto! Falar o ‘linguajar das ruas’ pode ser bacana e descolado para alguns, mas não vai fazer você sair de onde está! Eu garanto que escrever em português minimamente correto não o fará parecer um idiota. Hoje em dia ser Hype, por incrível que pareça, é escrever de maneira correta.

O NãoSalvo listou alguns posts do Twitter que "primam" no português. Cuidado para não cair na lista dele!

Conclusão

O Twitter é uma ferramenta poderosíssima e, se bem utilizada, trará muitos benefícios a você, seja para estudo, profissão, negócios ou diversão. Basta ficar atento para as regras implícitas da comunidade e não escorregar no português. Se você quer se destacar ou ser influente em seus negócios, trabalho ou estudo, lembre-se de tratar as pessoas com respeito, inclusive aquelas que você não conhece.

Aprender a usar bem o Twitter exigirá de você algum tempo e bastante observação de como as pessoas interagem.

Na segunda parte deste artigo, vou discorrer sobre algumas técnicas para conseguir seguidores, como ser relevante para a comunidade do Twitter e perfis bacanas para seguir caso você esteja interessado em um novo emprego, estudar, informar-se ou fazer negócios.

Referência(s)

Autor(a)

Daniel Pereira

Formado em Física / Astrofísica pela Universidade de São Paulo. Fez cursos nas faculdades de Filosofia, Geologia e Matemática na Universidade de São Paulo. Fez cursos na área de artes plásticas e história da arte no Centro Cultural São Paulo. Também frequentou o curso de Introdução a Psicanálise pelo Instituto Sedes Sapientiae. Atua na área de tecnologia e web desenvolvendo soluções voltadas para várias áreas do conhecimento, incluindo pesquisa com redes sociais. Atualmente atua para um grande portal de notícias.

Contato

danielusp@bol.com.br
@sermelhor
https://www.facebook.com/sitesermelhor


Veja Também