Greta fala no parlamento europeu em abril de 2019 - Fonte: Parlamento Europeu
Greta fala no parlamento europeu em abril de 2019 - Fonte: Parlamento Europeu

A greve geral mundial pelo clima dia 20 de setembro

Cúpula do Clima que acontecerá dia 20 de setembro e o movimento da jovem sueca Greta Thunberg são o estopim para a greve mundial pelo clima convocado pela redes sociais.


A crise ambiental se agrava a cada dia e uma grande quantidade de pessoas está muito preocupada com isso, principalmente os jovens que herdarão este planeta, já que a sobrevivemcia da espácie humana depende da estabilidade climática. Apesar de toda a preocupação os países e empresas não parecem preocupados ou quando se dizem preocupados é por mero marketing e não se movimentam na direção de uma verdadedira resolução do problema.

Preocupados com isso pessoas ao redor do mundo criaram, por meio das redes sociais, um movimentos grevista que vai do dia 20 ao dia 27 de setembro de 2019. O movimento foi inspirado na jovem sueca Greta Thunberg que em 2018 decidiu protestar em frente ao parlamento da Suécia e se declarar em greve pelo clima. A ação de Greta chamou a atenção de pessoas ao redor do mundo na época. A mobilização também aproveitar a Cúpula do Clima que acontecerá exatamente no mesmo período.

A Cúpula do Clima, convocada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, tem por objetivos estender as metas dos países para o problema das mudanças climáticas e sensibilizar a sociedade global.

A ideia do dia de greve pelo clima é que absolutamente todos parem suas rotinas, seja em casa, no trabalho, nas escolas, e que durante o dia 20 se unam em protesto contra a destruição de meio ambiente e as mudanças climáticas. Será uma ação global para tirar da paralisia os grandes atores globais que contribuem para as mudanças climáticas (como a indústria do petróleo, grandes corporações, agricultura e pecuária predatórias) ou mesmo para os que podem fazer algo a respeito (políticos e instituições da sociedade).

A aceleração da destruição da Amazônia, com a conivência do governo do Brasil e de outros países que possuem negócios relacionados com a floresta como as empresas européias e norte-americanas, fez ainda mais urgente a necessidade da sociedade se manifestar como elemento de pressão

Para maiores informações e conseguir material para fazer sua campanha você pode acessar o site da Greve pelo Clima

Fonte: Convocação para a Greve pelo Clina no jornal inglês The Guardian

Mais notícias

Fonte: Gianni Cipriano - The New York Times

Itália cria museu submarino de esculturas para proteger peixes na região da Toscana

Solução inusitada foi encontrada para ajudar na recuperação do meio ambiente da região

View details »

Contrariando políticos, petroleiras e fake news pesquisadores mostram que os recifes da Amazônia existem e estão bem

Os recifes da foz do rio Amazonas, recentemente descobertos, existem e se reproduzem. Região é de interesse de multinacionais da exploração do petróleo.

View details »