Laboratório de Biodiversidade, uma plataforma da ONU em parceria com a NASA para monitoramento global do meio ambiente

O cruzamento de dados da NASA, agências da ONU e institutos de pesquisa será base da plataforma de uso livre que fará monitoramento da biodiversidade


Hoje muitos países não tem acesso a dados geoespaciais sobre o meio ambiente de seu próprio território devido a limitações técnicas ou orçamentárias.

Para preencher esta lacuna a ONU em parceria com a NASA e centros de pesquisa lançou dia 5 de Julho o Laboratório de Biodiversidade, ferramenta de monitoramento online que combina mapas geoespaciais com informações sobre conservação ambiental. A partir de agora os responsáveis pelo planejamento de políticas públicas de cada país poderão utilizar os dados fornecidos pela plataforma para efetuar suas análises.

Segundo Achim Steiner, administrador do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Ao proporcionar acesso a dados espaciais - incluindo áreas protegidas, espécies ameaçadas, impacto humano em sistemas naturais, bacias hidrográficas para cidades estratégicas e muito mais - , a plataforma empodera formuladores de políticas com as informações necessárias para enfrentar os desafios prementes da conservação da biodiversidade e do desenvolvimento.

A plataforma é de uso livre e pode ser acessada por qualquer pessoa interessada.

Mais informações na matéria da ONU Brasil

Mais notícias

A bioenergia e a transição da energia limpa mundial

Conclusão é de relatório científico sobre bioenergia e sustentabilidade na América Latina e África. Documento foi lançado em evento na sede da FAPESP e pode ser acessado pela internet

View details »

2017 foi o primeiro ano em que a energia solar gerou mais eletricidade do que o uso de petróleo, carvão e gás somados

O setor de energia solar cresceu 18% em relação ao ano anterior. A China foi a maior investidora.

View details »