Monsanto é condenada a pagar indenização milionária a paciente terminal de câncer

Decisão de tribunal na Califórnia condena a fabricante de agrotóxicos por não colocar no rótulo de dois de seus produtos avisos claros sobre o risco de câncer


Um tribunal do estado da Califórnia ( Estado Unidos ) decidiu no ultimo dia 10 de Agosto de 2018 pela condenação da fabricante de agrotóxicos e produtos químicos Monsanto com relação ao um processo movido por Dewayne Johnson de 46 anos, zelador de um colégio que utilizava regularmente em seu trabalho de manutenção os herbicidas da fabricante. Johnson está em fase terminal de câncer, diagnosticado em 2014.

Segundo o entendimento do juri a Monsanto não colocou informações suficientes nas embalagens de seus produtos alertando sobre os riscos para a saúde apesar de, segundo documento interno de 2015 da própria empresa, esta estar ciente de que os produtos poderiam provocar câncer por exposição.

Em 2015 a Organização Mundial da Saúde (OMS) já havia alertado sobre os riscos de que os produtos utilizados por Johnson eram "provavelmente cancerígenos a humanos".

A decisão judicial obriga a Monsanto a pagar indenização de 290 milhões de dólares ao zelador e foi elogiada pelo relatores de direitos humanos das Nações Unidas.

Histórico de polêmicas

A marca Monsanto foi comprada pela Bayer em 2016 e traz consigo um rastro de polêmicas com relação aos produtos que fabrica e os problemas de saúde a eles relacionados. Pode-se dizer que é uma das empresas mais criticadas já que esteve envolvida na construção da bomba atômica, desenvolveu o DDT, um pesticida banido em todo o planeta, forneceu às tropas americanas o agente laranja na Guerra do Vietnã entre outras polêmicas.

Referência: ONU - Relatores da ONU elogiam decisão judicial nos EUA contra Monsanto

Mais notícias

Extração de petróleo

Guerra por recursos naturais já representa 40% dos conflitos no mundo

António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, alertou o Conselho de Segurança sobre o fato.

View details »
Praia em Singapura - Foto de Vaidehi Shah

Novo estudo indica que fungos podem ajudar no combate à poluição por plásticos

Novo estudo da Kew Botanical Gardens mostra que fungos podem "comer" plastico poliuretano, ajudando na degradação deste tipo de lixo que polui rios e oceanos

View details »