É hora de vestibular. Como Relaxar?

As provas do vestibular provocam muita ansiedade na maioria das pessoas. Conheça algumas dicas que auxiliam no controle do stress.

"Acorda cedo, vai à escola, almoça rapidinho, cursinho,
aula de física... que sufoco, química nem se fala,
Pra boa redação é preciso leitura, informação, tá por dentro,
Mas que hora, não sobra tempo,
Não tenho disposição.
Quero namorar, paquerar, zoar, relaxar...
Lá vem os simulados.
Aula extra que ficou pendente o assunto.
Chegando em casa, só quero um banho, uma cama,
Mas tenho que continuar,
Continuar a estudar...
Fim de semana, só depois do vestibular. Se por acaso eu passar"(1).

Submeter-se a provas de vestibular, assim também como a provas escolares e avaliações para um emprego, são experiências que provocam ansiedade para a maioria das pessoas.

"O simples fato de pensar que está sendo avaliada pode encher a pessoa de maus pressentimentos, que acabam por ocasionar uma queda de desempenho"(2).

As idéias negativas que as pessoas trazem consigo podem colaborar para que o fracasso ocorra, mesmo quando poderiam obter êxito. Muitas vezes o medo de fracassar e o desejo de ser perfeito impedem que a pessoa alcance o que deseja.

Por isso, nesse momento do Vestibular, é muito importante que você reveja as idéias que tem sobre seu próprio potencial: as vivências boas e ruins, positivas e negativas, as situações em que obteve sucesso e aquelas em que fracassou no passado.

Os vestibulandos sofrem o impacto de várias fontes de stress internas e externas como: grande número de matérias, espaço de tempo curto para rever toda a matéria, expectativas dos familiares sobre sua aprovação e expectativas próprias de conquistar a vaga sempre disputada por um grande número de concorrentes.

"Sem dúvida, o vestibulando que não tiver conhecimento de estratégias que possibilitem um controle do stress terá grande probabilidade de desenvolver sintomas típicos do stress, como ansiedade, dificuldade de memória, dificuldade de concentração e dúvidas quanto a si mesmo, entre outros, o que poderá acarretar uma queda no seu desempenho durante as provas"(3).

Para que você obtenha sucesso no vestibular e em outras situações também é importante que modifique a maneira de pensar a respeito dos acontecimentos e, principalmente, conhecer as idéias que você tem a respeito de si mesmo. É importante valorizar-se, reconhecer o seu potencial, seus limites e principalmente saber lidar com a frustração.

Aprenda a controlar o stress e a viver melhor

Dicas para vencer o stress (4):

1 - Adote uma alimentação balanceada :
Evite alimentos gordurosos e abuse de verduras, frutas e legumes. Coma bem no café da manhã e no almoço, e faça uma refeição mais leve no jantar. Beba muito líquido ao longo do dia.

2 - Pratique exercícios físicos :
A atividade física controla a ansiedade e aumenta a auto-estima. Escolha uma de que goste e comece a praticá-la aos poucos; 30 minutos, três vezes por semana, já é o suficiente. Pode ser caminhar, por exemplo.

3 - Cuide de sua saúde :
A saúde deve estar em ordem para agüentar as pressões do dia-a-dia. Quando precisar de ajuda, procure um bom profissional (médicos, psicólogos, dentistas, etc).

4 - Seja mais otimista :
Busque as atividades que lhe dão prazer. Viva intensamente os momentos de alegria. Quem pensa positivo e não valoriza as preocupações, lida melhor com as dificuldades. Pare de reclamar : as soluções para os problemas sempre aparecem.

5 - Pense de maneira positiva :
Assuma a responsabilidade e o controle da sua vida. Não adote um comportamento passivo e uma postura de vítima. Guie seu destino de acordo com seus valores e ideais. Seja mais você e preocupe-se menos com a opinião alheia.

6 - Tenha autodisciplina :
Organize seus compromissos de acordo com a sua disponibilidade. Divida seu tempo reservando um espaço para a família, amigos e lazer. Faça uma lista de prioridades nas suas atividades e elimine as desnecessárias. O tempo para o descanso e o prazer são fundamentais.

7 - Cultive amigos :
Estabelecer relações sociais é necessário para dar alegria à vida. Um ombro amigo vale para dividir as alegrias e tristezas e compartilhar momentos especiais.

8 - Durma bem :
O sono é essencial para a saúde, recarregando as energias e o bom humor. Para sentir-se bem-disposto no dia seguinte, mantenha um horário regular para se deitar e levantar, mas tente dormir cada vez mais. Começar a relaxar uma hora antes de ir para cama, garante um sono tranqüilo.

9 - Divirta-se :
Ir ao cinema, ler, cuidar do jardim, passear com o cachorro... Reserve todos os dias um tempo para o prazer. Quando se está muito ocupado, deixa-se o lazer de lado, mas o riso e a distração são importantes meios de prevenção do stress.

10 - Diga NÃO :
O mundo não vai acabar se você se negar a fazer alguma tarefa. A maioria das obrigações é estipulada por nós mesmos. Desfaça-se dos deveres aos poucos. Quando achar que deve, não pense que vai magoar as pessoas. Ao contrário, elas vão respeitá-lo, pois saberão que você valoriza seus próprios limites.

11 - Não ao fumo, álcool, café e remédios :
Cigarro, álcool, café e remédios em excesso atrapalham o metabolismo do organismo. Abandone o fumo e beba com muita moderação. O café possui cafeína, um estimulante que pode aumentar a ansiedade. O uso de medicamentos indiscriminadamente pode causar efeitos colaterais. Só tome remédios indicados pelo médico.

12 - RELAXE :
O relaxamento conduz a um estado de paz interior. As técnicas são simples, mas requerem prática diária. O importante é o prazer que o relaxamento proporciona e o aprendizado sobre o controle do corpo e da mente.

Referência(s)


(1)- Por Dra Miikka Wentz, no seguinte endereço da Internet: http://www.escelsanet.com.br/vest/dicas/dicas_4.asp
(2)- LIPP, Marilda Emmanuel Novaes. Relaxamento para todos: Controle do Stress. Campinas, SP: Papirus, 1997, p.72.
(3)- LIPP, Marilda Emmanuel Novaes. Relaxamento para todos: Controle do Stress. Campinas, SP: Papirus, 1997, p.73.
(4)- Adaptado pelas autoras. Original do Prof. Renato Amaral, no seguinte endereço na Internet: http://vestibular.setanet.com.br/dicas/dica_5.asp

Autores

Salete Monteiro Amador

Psicóloga formada pela PUC/SP, Pós graduada em Saúde Coletiva pela FUNDAP. É Terapeuta e Supervisora de Terapia Comunitária. Editora do Site Ser Melhor e Assessora Técnica em Saúde Pública.

Contato

salete_psi@yahoo.com.br
@sermelhor
https://www.facebook.com/sitesermelhor

Monica Takimoto Mauricio

Psicóloga, trabalha com orientação profissional.

Contato

monicamauricio@estadao.com.br


Veja Também